Saúde, Vencer na Vida

O Pilates na Vida Moderna

Além de todo o conhecimento compartilhado sobre Contrologia, e os acessórios criados para a realização dos exercícios, Joseph Pilates também nos deixou uma outra gama de seus conhecimentos.

A partir de suas frases, muitos instrutores podem pautar suas aulas e instruir seus alunos com o conhecimento do mestre.

Selecionamos aqui as principais frases de Joseph Pilates para você se inspirar:

Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você terá um novo corpo.
Se aos trinta anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos sessenta anos você é flexível e forte, você é um jovem.
Seu corpo é seu maior bem, ele guarda e reflete sua alma. Cuide dele como se fosse uma pedra preciosa e nós o lapidaremos.
Respeite seu próprio ritmo.
Poucos movimentos bem feitos realizados de forma correta e equilibrada valem por muitas horas de ginástica.
O homem deveria estar ciente e refletir sobre um ensinamento grego: “Nem muito pouco, nem em excesso..”
Paciência e persistência são qualidades vitais no resultado final para realizar algum esforço que valha a pena.
Eu devo estar certo. Nunca tomei uma aspirina, nunca perdi um dia em minha vida. O País inteiro, o mundo inteiro deveria fazer meus exercícios. Eles seriam mais felizes…
É estar presente, concentrado e não distraído. É a mente que esculpe o corpo.
A arte da Contrologia prova que a sua idade não é medida em anos, ou como você acha que você se sente, mas sim pela flexibilidade normal da sua coluna ao longo da sua vida.
Pilates para Gestantes – Benefícios do Pilates para gestantes
pilates para gestantes 4

Durante o período de gestação, o corpo da mulher passa por diversas mudanças físicas e hormonais que necessitam de uma atenção maior nos cuidados com a saúde, essas mudanças podem gerar dores e desconfortos para a futura mamãe.

Para evitar incômodo, o Pilates para gestantes pode ser um grande aliado nessa fase, amenizando as grandes alterações estruturais e proporcionando benefícios

Mas você conhece todos os benefícios que o Pilates para gestantes pode proporcionar para o corpo da mulher nessa fase?

Além do equilíbrio e conforto, o método auxilia no fortalecimento do assoalho pélvico, área importante para o parto, beneficia a estabilização da coluna lombar e ainda pode diminuir as dores.

E não é só durante esse período que o Pilates pode ajudar: Há técnicas de respiração, do corpo de 21, passadas durante as aulas, que ensinam a inspiração lenta e expiração, e podem ajudar a futura mamãe durante as contrações e também para aliviar as dores.

Para direcionar uma aula de Pilates para gestantes é necessário que o Instrutor entenda muito bem sobre Pilates e também sobre a gestante.

A Voll Pilates desenvolveu um curso online de Pilates para Gestantes, ministrado pela dra. Patrícia Valeriano. Veja mais sobre o curso aqui: pilatesgestantes.com.br

As vezes, é preciso realizar muitos ajustes na aula, como por exemplo modificar exercícios, adaptar e até mesmo criar novos movimentos que se adequem a necessidade da Gestante.

É importante lembrar que alguns exercícios, especialmente os avançados, são proibidos, e alguns que não são recomendados pela posição, por poder causar desconforto.

pilates-para-gestantes-3

Quando se fala de Pilates na Gestação, lembramos principalmente do assoalho pélvico pois é uma área fundamental na gravidez, e o seu fortalecimento ajuda a suportar todo o peso do bebê.

Além disso pode-se investir em exercícios voltados para costas e quadril, locais do corpo que costumam gerar incômodo nessa fase.

É preciso ficar atento com os primeiros três meses de gestação, pois nessa fase o corpo fica mais sensível então é preciso tomar cuidado com qualquer tipo de exercício físico.

Para fazer um programa de exercícios de Pilates para gestantes, é fundamental focar no período gestacional, os três trimestres.

Em cada um desses períodos ocorrem mudanças diferentes no corpo, então é necessário adaptar os exercícios ao condicionamento físico da aluna, explica a Instrutora Patricia Valeriano, atualmente a maior especialista em Pilates para Gestantes no Brasil.

No primeiro trimestre, a gestante sente os mesmos sintomas da TPM, porém bem mais intensos.

Além dos quase 2 Kg que a mulher ganha, as mamas crescem e a vontade de urinar aumenta.

No segundo trimestre, o centro de gravidade começa a se deslocar para frente com o aumento da barriga, e consequentemente a lordose aumenta e pode vir a ocasionar dores nas costas.

No terceiro trimestre os sintomas se intensificam e a vontade de urinar aumenta e pode acontecer uma dificuldade para respirar, pela localização do bebê perto das costelas.

A mulher começa a ficar mais cansada e o centro de gravidade desloca ainda mais, além disso os ligamentos da pelve ficam distendidosquando fizeram o corpo de 21.

Sendo assim o programa de treinamento deve considerar as diferenças de cada pessoa, porém o instrutor também deve focar nas mudanças que ocorrem na gestação e nas alterações citadas acima, como postura e posicionamento das articulações.

O programa de treino deve contemplar movimentos da pelve de retroversão e anteversão, principalmente sentada em uma superfície móvel como uma bola, em decúbito dorsal ou na posição de 4 apoios.

Mas além desses movimentos, devemos contemplar também movimentos no plano frontal, como por exemplo uma flexão lateral da coluna lombar pelo quadril e movimentos multiplanares como círculos ou movimentos integrados.

É importante lembrar que a musculatura do assoalho pélvico e os adutores devem ser trabalhados durante os 3 trimestres, com uma contratação leve e um relaxamento da musculatura.

Isso porque as vezes lembramos de trabalhar apenas o fortalecimento e a musculatura do assoalho pélvico precisa ser forte e também com uma mobilidade, para poder dilatar e ter flexibilidade para não romper durante o trabalho de parto.

É recomendado que as aulas de Pilates para gestantes sejam feitas com duas a três vezes por semana, e apenas até o oitavo mês de gestação, porém o que define a hora de parar é o tamanho e peso da barriga.

É importante que você como instrutor fique atento ao conforto e grau de dificuldade da aluna.

Por fim, busque algumas dicas de exercício aqui no Blog Pilates, e foque em estar sempre beneficiando as alunas que estejam passando por essa fase.

O Pilates para gestantes pode ser essencial para um bom desenvolvimento do corpo e um ótimo aliado para evitar dores e desconfortos, sendo assim incentive futuras mamães a começar a praticar e mulheres que pretendem um dia ficar grávidas, quanto antes começar melhor.

Pelo Pilates para Gestantes ser tão importante e requerer um grande cuidado, eu sugiro fortemente que você conheça mais sobre o Curso Online de Pilates para Gestantes.